Ekaterinburgo discute futuro das nanotecnologias

5317365932_776c0d7d75_b
Provavelmente, em breve, os construtores dos Urais começarão a usar um material inovador – o “nanoconcreto” de resíduos metalúrgicos.

A primeira Conferência Internacional “Microscopia das forças piezelétricas e propriedades de nanomateriais polares” começou na terça-feira passada, dia 15 de julho, em Ekaterinburgo, informou o serviço de imprensa da Universidade Federal dos Urais.

A conferência contou com a presença de cerca de 200 cientistas de 18 países, incluindo França, Alemanha, Suíça, China, Japão, EUA, Canadá, Coreia do Sul e Brasil. O evento contou também com a participação de representantes do comércio e da indústria interessados em utilizar os novos materiais.

No âmbito da conferência, realizou-se uma reunião de representantes da empresa alemã Zoz Group com os representantes do Ministério da Indústria e Ciência da região de Sverdlovsk.

A Zoz Group está envolvida na fabricação de nanomateriais e dispõe de uma tecnologia que permite produzir um aditivo para o concreto a partir dos resíduos de metais, capaz de melhorar a sua qualidade, ou seja, produzir o “nanoconcreto”.
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2014_07_18/Ekaterinburgo-discute-nanofuturo-da-R-ssia-0921/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s